Pular para o conteúdo

Bolsa Família – Tudo sobre o tema

O Bolsa Família foi considerado um dos maiores programas sociais do país até a sua extinção.

Portanto, se você deseja saber o que foi o programa e as atualizações realizadas para 2022, leia o conteúdo até o final.

O que é o Bolsa Família?

O programa Bolsa Família é um programa criado com o objetivo de ajudar no combate à pobreza e à desigualdade que se instala no país.

Assim, o projeto foi criado para ajudar no complemento de renda, depositado mensalmente para as famílias que são atendidas pelo programa.

Neste caso, o dinheiro é transferido diretamente do governo federal.

Outro ponto de atenção é que o programa exige que as famílias cumpram diversos critérios, reforçando a saúde, assistência social e educação.

A ideia é que com o auxílio assistencial e a educação, as futuras gerações quebrem o ciclo da pobreza, diante de melhores oportunidades.

Tipos de benefícios oferecidos pelo Bolsa Família?

Existem diversos tipos de benefícios oferecidos dentro do programa do Bolsa Família, são eles:

– Benefício Básico:

Esse é um benefício oferecido para os grupos familiares que tenham uma renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa.

O valor para cada família era de R$ 89,00.

– Benefício Variável:

O benefício variável é oferecido para as famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que contenha uma integrante que seja:

  •       Gestante;
  •       Mães que amamentam;
  •       Crianças e adolescentes de zero a 15 anos.

O valor para cada um do benefício é de R$ 41,00 e a família poderia receber até cinco benefícios por mês, totalizando o valor de R$ 205.

– Benefício Variável Jovem:

O benefício variável jovem é oferecido para as famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza também.

Mas, além disso, é importante que entre os integrantes da família haja adolescentes entre 16 e 17 anos.

O valor do benefício é de R$ 48,00 todos os meses e cada família pode acumular até dois benefícios, ou seja, ganhar, no máximo, R$ 96,00.

– Benefício Superação de Extrema Pobreza:

Por fim, existem também o benefício para Superação de Extrema Pobreza

Benefício para Superação de Extrema Pobreza, onde cada família poderá receber um benefício por mês.

O valor dele varia em razão do cálculo realizado a partir da renda de cada pessoa da família.

Assim, o benefício terá valores diferentes para cada família.

Quem tem direito ao Bolsa Família?

Tinha direito ao Bolsa Família as famílias consideradas de extrema pobreza, com uma renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa.

Além disso, famílias pobres com uma renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 também têm direito ao programa.

Entretanto, esse segundo grupo familiar só pode participar se na composição familiar tiver integrantes como:

  •       Gestantes;
  •       Crianças;
  •       Adolescentes de zero até 17 anos.

Como solicitar o Bolsa Família?

Se você e sua família se encaixarem dentro dos critérios falados antes, é preciso buscar o CRAS mais próximo da sua casa.

Em seguida, é necessário apresentar os documentos de todos os integrantes da família para que seja feito o Cadastro Único.

Com o cadastro já realizado, o Ministério da Cidadania irá avaliar os seus dados a partir de uma base de dados guardados pela prefeitura da sua cidade.

Mensalmente são realizadas avaliações desses dados, oferecendo a chance de diversas famílias participarem do programa.

Por fim, se a sua família for uma das escolhidas, você vai poder receber o benefício.

O valor é sempre de acordo com o perfil da sua família e as principais necessidades.

Atualização do programa Bolsa Família

O programa Bolsa Família foi substituído em 10 de agosto de 2021 por um novo programa, chamado Auxílio Brasil.

De maneira geral, o objetivo é o mesmo, continuar ajudando as famílias que estão em situação de extrema pobreza ou pobreza.

Assim, tudo o que foi mencionado anteriormente era o que funcionava no Bolsa Família, que agora, acontece de forma diferente.

Quando será pago?

O antigo Bolsa Família, que agora é o Auxílio Brasil, é pago mensalmente para as famílias inscritas no CadÚnica.

A data varia de acordo com o número do NIS de cada família.

Os pagamentos são feitos em:

  •       Poupança Social Digital;
  •       Poupança Caixa Fácil.

Com uma atualização recente, o beneficiário pode escolher receber o benefício em bancos privados.

Para o mês de agosto, o pagamento foi o seguinte:

9 de agosto para aqueles com NIS final 1;

10 de agosto para aqueles com NIS final 2;

11 de agosto para aqueles com NIS final 3;

12 de agosto para aqueles com NIS final 4;

15 de agosto para aqueles com NIS final 5;

16 de agosto para aqueles com NIS final 6;

17 de agosto para aqueles com NIS final 7;

18 de agosto para aqueles com NIS final 8;

19 de agosto para aqueles com NIS final 9;

22 de agosto para aqueles com NIS final 0.

Como consultar?

Por fim, para poder consultar o antigo Bolsa Família, basta utilizar o aplicativo do aplicativo, onde obterá todas as informações que precisa sobre o assunto.

Carregando…

0