Pular para o conteúdo

INSS libera adicional de até 25%. Veja quem pode receber?

  • por
Anúncios

Você sabia que o adicional do INSS pode ser solicitado pelas pessoas que recebem o teto do INSS também? Confira um pouco mais sobre isso lendo o nosso artigo.

Recentemente foi liberado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) um adicional que chega a 25% para as pessoas aposentadas por incapacidade permanente. Vão ter direito a esse adicional apenas os aposentados pelo motivo de incapacidade, ou seja, não irá contemplar a pensão por morte no caso de falecimento do contribuinte.

Esse adicional pode ser solicitado também por aquelas pessoas que recebem o teto do INSS. Essa bonificação de 25% é oferecida para as pessoas aposentadas por incapacidade e que não conseguem exercer as atividades do dia a dia sem o suporte de outra pessoa.

No caso do trabalhador conseguir retornar às atividades, essa aposentadoria vai ser cancelada automaticamente. Confira um pouco mais sobre os próximos tópicos.

Requisitos para receber o valor adicional do INSS

Para conseguir ter direito a esse adicional de 25% disponibilizado pelo INSS, os aposentados por invalidez permanente vai precisar sofrer dos seguintes problemas:

  • cegueira total;
  • perda de, no mínimo, nove dedos das mãos;
  • paralisia dos dois membros superiores ou inferiores;
  • perda dos membros inferiores, acima dos pés, quando a prótese for impossível;
  • perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível;
  • perda de um membro superior e outro inferior, quando a prótese for impossível;
  • alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social;
  • doença que exija permanência contínua no leito;
  • incapacidade permanente para as atividades da vida diária.

Ou seja, apenas as pessoas que sofrem dos problemas acima vão poder solicitar esse adicional junto ao INSS. Se é o seu caso, ligue no próximo tópico onde iremos falar sobre essa solicitação.

Como solicitar o adicional?

Se você é ou conhece um aposentado por incapacidade permanente e pretendo acessar esse adicional de 25% vai precisar agendar uma perícia com o médico do INSS por meio do aplicativo ou do site Meu INSS. Confira os passos:

  • Acesse o Meu INSS;
  • Faça login no sistema, escolha a opção “Agendamentos/Requerimentos”;
  • Em seguida clique em “novo requerimento” e clique em “avançar”;
  • Digite no campo “pesquisar” a palavra “acréscimo” e selecione o serviço desejado.
  • Acompanhe o andamento pelo Meu INSS, na opção Agendamentos/Requerimentos.

A pessoa segurada vai ser comunicada previamente nos casos onde é indispensável um atendimento presencial para a comprovação de algo. 

Na data da perícia do médico você vai ter que levar para a avaliação os seus documentos pessoais e um laudo médico que possa comprovar a necessidade da ajuda para realizar as suas necessidades básicas. No caso do adicional ser negado pelo INSS, você não terá outra saída a não ser mover ação judicial.

Para você ter direito a essa aposentadoria por invalidez, vai precisar comprovar o motivo que vem te impedindo de trabalhar, por isso a necessidade da perícia. Vale lembrar que é necessário que seja uma incapacidade permanente e total.

Além disso, é necessário ter contribuído junto ao INSS e ter cumprido uma carência de no mínimo 12 meses. Para o aposentado que não consegue exercer as atividades do dia a dia, terá o direito de solicitar um adicional de 25% ao valor de seu benefício. O adicional será pago enquanto a pessoa estiver viva, isso porque, não é estendido a pensão por morte.

Carregando…