Pagamento por aproximação – Entenda como funciona

Você já ouviu falar no pagamento por aproximação? Muito comum na Europa, esse serviço nos cartões de débito e crédito, além de pulseiras e celulares, está ganhando força no Brasil, especialmente em razão de todos os cuidados de saúde que estão sendo tomados por conta da pandemia mundial de Covid-19. Saiba mais sobre o funcionamento deste serviço neste post.

Anúncios

Como funciona o pagamento por aproximação?

Pagamento por aproximação

O pagamento por aproximação existe em razão da tecnologia NFC Near Field Communication – que significa comunicação por campo de proximidade. Isso quer dizer que as informações de pagamento são transmitidas independentemente de digitação de senha ou qualquer outro contato.

O sistema pode ser considerado seguro, já que a transmissão de informações se dá tão somente entre o seu dispositivo e a maquininha de pagamento, sem a interferência de qualquer outro maquinário.

Contudo, existem alguns casos onde a digitação da senha é obrigatória, como quando você ultrapassa o limite de valor de compra em seu cartão de crédito e débito, ou então quando o estabelecimento solicita a senha para garantir a segurança do cliente.

Pagamento por aproximação com celular

Celulares compatíveis com a tecnologia NFC são suscetíveis de realizar pagamento por aproximação, sem a necessidade de qualquer outro dispositivo.

Anúncios

No geral, a maioria dos smartphones hoje em dia já possuem tal tecnologia. Para conferir, é só ir no ícone de configurações de seu aparelho, selecionar “conexões” e ativar o serviço. Em seguida, você deve cadastrar o serviço na plataforma de seu celular com os dados do seu cartão de débito ou de crédito.

Pagamento com pulseira

Também é possível realizar o pagamento por aproximação caso o emissor de cartão de crédito ou débito disponibilize a pulseira de pagamento, sendo que os mais famosos são Trigger, Visa Bradesco, Pulseira Ourocard e  Santander Pass. Vale lembrar que geralmente há uma cobrança pela disponibilização das pulseiras.

A forma de cadastro é semelhante ao do celular. E para começar a usar esse formato de pagamento, só basta avisar ao lojista sobre o uso da pulseira para pagamento e este se dará normalmente, com possível digitação da senha a depender do valor da compra.

Pagamento por aproximação com cartão de crédito

Com o uso da tecnologia de pagamento por aproximação, não é preciso digitar senha e nem inserir o seu cartão, basta aproximá-lo à maquininha na loja. A primeira instituição a fornecer essa tecnologia foi a Nubank. Mas a partir de 2019 outras instituições também passaram a anuncia a novidade, como os cartões emitidos pela Mastercard a partir de abril de 2019.

Este formato de pagamento é seguro?

Sim! A tecnologia NFC gera um tipo de criptografia que garante a segurança dos dados de seu cartão ou então de outro dispositivo de pagamento. Além disso, esse formato dificulta a clonagem de cartão, já que não é preciso inserir o seu cartão para efetuar um pagamento por aproximação.

Lembrando ainda que o sistema tem um esquema de proteção que não permite o pagamento em duplicidade, caso seja encostado mais de uma vez. Ou seja, além de evitar golpes esse formato de pagamento ainda minimiza os erros de pagamento que podem prejudicar o cliente ou então o próprio estabelecimento.

Todas as maquininhas aceitam?

Apesar de muito difundida, nem todos os estabelecimentos contam com maquininhas que aceitam a tecnologia NFC. Mas essa realidade vem mudando gradualmente nos últimos anos. E a tendência é que em breve, todos os estabelecimentos comerciais passem a aceitar esse novo modelo de pagamento.

Agora que já sabe como funciona o pagamento por aproximação, você pode adotar esse serviço com tranquilidade e ter mais facilidade nas compras do dia-a-dia.

Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:
Imagem padrão
Karina Matos
Artigos: 31