Coronavírus: como higienizar o cartão de crédito sem danificá-lo

Em tempos de coronavírus, você sabe como higienizar o seu cartão de crédito corretamente quando precisar usá-lo no supermercado ou na farmácia, por exemplo?

Anúncios

Embora as medidas de flexibilização já estejam acontecendo, a doença ainda está infectando milhares de brasileiros. Por isso, é bom continuar tomando todos os cuidados.

O ideal é sair somente quando realmente precisar, mas, caso precise comprar algo usando o seu cartão de crédito, é importante higienizá-lo da forma correta, para que não danifique a tarja magnética ou o chip.

Quer saber como fazer isso? É o que vamos falar neste artigo. Continue lendo!

Coronavírus: 5 dicas para se prevenir na hora de fazer pagamentos

coronavírus
Saiba como higienizar o seu cartão de crédito de maneira correta, para evitar o coronavírus!

Mesmo aqueles que continuam cumprindo o isolamento social acabam tendo que ir à padaria, supermercado ou farmácia.

Para não correr o risco de ser infectado pelo vírus nessa saidinha, algumas dicas são importantes:

Anúncios

1. Use a máscara e o álcool em gel

Não é à toa que a máscara se tornou obrigatória em locais públicos. Afinal, mesmo quem não apresenta sintomas pode estar com a doença, então não dá para vacilar.

Sabe-se que a forma mais comum de contágio do coronavírus é através de gotículas liberadas principalmente ao falar, tossir ou espirrar. Por isso, a máscara funciona como uma barreira física para que essas secreções não cheguem às nossas vias aéreas.

Da mesma forma, o álcool em gel se mostra eficiente para eliminar os microorganismos causadores da Covid-19. Aliás, muitos estabelecimentos já estão oferecendo o produto gratuitamente para uso dos clientes. Portanto, depois de colocar a mão no dinheiro, cartão de crédito ou na máquina de cartão, higienize suas mãos com o álcool em gel.

2. Evite pagar ou receber em dinheiro

As cédulas e moedas são objetos que passam pelas mãos de várias pessoas diariamente, principalmente em locais de intensa circulação, como supermercados.

Sendo assim, evite fazer pagamentos em espécie. Dessa maneira, você também não receberá o troco em dinheiro e correrá menos riscos de ter contato com o vírus.

Ah, sem contar que, comparada ao cartão de crédito e celular, a higienização de moedas e cédulas torna-se muito mais trabalhosa.

3.  Use meios de pagamento alternativos

Se a dica é evitar o dinheiro, você pode usar meios de pagamento alternativos. Muitas lojas hoje em dia já estão aceitando as carteiras digitais – como o Picpay, Mercado Pago e Ame Digital – e você conseguirá pagar usando o próprio celular por meio de QR Code.

Outros serviços interessantes de pagamento móvel – como o Samsung Pay, Apple Pay e Google Pay – também permitem que você cadastre o seu cartão de crédito ou débito e faça pagamentos instantâneos usando o smartphone ou até mesmo um smartwatch.

Mesmo que você ainda não use essas plataformas, pode optar por pagar com o cartão de crédito e depois higienizá-lo da maneira correta.

4.  Use a tecnologia Contactless

A maioria dos cartões de crédito hoje em dia está vindo com a tecnologia Contactless, ou seja, pagamento por aproximação.

Se você for usar o seu para fazer o pagamento e ele tiver o recurso, é uma boa ideia aproveitá-lo. Assim, você não vai precisar tocar na maquininha, onde muitas pessoas colocam as mãos.

5.  Higienize tudo após o uso

Usou o cartão de crédito ou o celular em algum local público? Se não tiver como higienizá-los imediatamente, faça isso assim que chegar em casa. Evite passar a mão no nariz, olhos e boca antes de fazer o procedimento e de lavar as mãos.

Cartão de crédito: como higienizar da maneira correta?

O cartão de crédito, além de ser mais seguro que o dinheiro em espécie, ainda pode trazer alguns benefícios ao usá-lo, como milhas, cashback e descontos – dependendo do programa de benefícios do seu modelo.

Com o coronavírus, muita gente tem preferido este meio de pagamento, mas continua com medo de higienizá-lo e acabar danificando a tarja magnética, o chip ou o próprio plástico do cartão.

No entanto, o próprio site da MasterCard, por exemplo, recomenda que os cartões sejam limpos usando um pano macio e levemente umedecido com água e um pouco de sabão, detergente neutro ou álcool em gel. Depois de higienizado, basta passar um pano seco para retirar o excesso.

Ah, e não exagere na quantidade de produto e nem o jogue diretamente no cartão. Faça o procedimento usando um pano.

Tomando esses cuidados, seu cartão não deverá ter problemas. Mas, caso ocorra, peça uma segunda via. Neste momento de pandemia, a saúde é mais importante.

Conclusão

Embora o comércio, aos poucos, esteja reabrindo em várias cidades, os cuidados devem continuar existindo.

Quando precisar sair para o supermercado, farmácia ou outro local público, não se esqueça da máscara e do álcool em gel e evite pagar usando dinheiro em espécie. Opte por pagamentos usando o smartphone ou pelo próprio cartão de crédito que tenha a tecnologia Contactless, para evitar contato com superfícies infectadas.

Ao chegar em casa, você pode higienizá-lo usando um pano levemente umedecido com água e um pouco de sabão, detergente neutro ou álcool em gel. Depois, retire o excesso com um pano seco.

Fazendo isso, seu cartão não será danificado e você ficará muito mais protegido contra o novo coronavírus.

Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:
Imagem padrão
editor
Artigos: 61