Quem trabalhou em 2021 vai receber o abono PIS/Pasep esse ano?

Você trabalhou em 2021? Muitos que atuaram legalmente no ano passado estão em dúvida se vão receber o PIS/Pasep ainda em 2022.

Anúncios

Para quem caiu aqui de paraquedas, o abono salarial do PIS/Pasep é o benefício pago todos os anos pelo Governo Federal para os trabalhadores que se encaixam nas regras gerais deste programa. 

Esse benefício geralmente costuma ser pago no ano posterior ao que foi exercido pelos trabalhadores brasileiros, Por exemplo, quem trabalhou no ano de 2019, começou a ganhar o benefício apenas em 2020, e assim ocorre em todos os anos.

Entretanto, vários trabalhadores possuem dúvida se vão ter acesso a esse benefício em 2022, pois, no ano passado, por causa da contenção da pandemia do Covid-19, o pagamento desse benefício foi adiado.

Anúncios

Com isso, quem trabalhou no ano de 2020 e que deveria ter o pagamento iniciado ainda naquele ano acabaram tendo esse pagamento adiado para este ano, para o qual foi pago entre os meses de fevereiro e de março. 

Dessa forma, com o adiamento desse abono salarial de 2020 para 2022, vários trabalhadores que atuaram no ano passado ainda não sabem se vão ganhar esse benefício em 2022, ou se o mesmo vai ficar para o ano que vem. Confira mais detalhes e saiba de vez se pode contar com o dinheiro do PIS/Pasep esse ano.

Imagem: Catraca Livre

Trabalhei em 2021, quando vou receber o abono salarial?

De acordo com a decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador, o Codefat, aproveitou a decisão do adiamento do abono salarial de 2020 para o ano de 2022.

Também foi definido que os pagamentos do abono precisam ser realizados para todos os trabalhadores dentro desse mesmo ano, incluído em um cronograma de pagamentos que provavelmente será divulgado em janeiro ou ocorrer entre esse mês e o mês de dezembro.

Isso se deve pois até o momento o abono começava a ser pago no mês de julho de um ano e só era concluído somente no mês de junho do ano posterior. Seguindo essa lógica, o primeiro ponto de atenção aqui é que não vamos ter mais nenhum pagamento que começa em um ano e conclui em outro.

A segunda questão para ficar atento é que o calendário de pagamentos provavelmente vai ser indicado sempre no mês de janeiro do ano em que se faz o pagamento. Dessa forma, como o cronograma definido em janeiro deste ano foi ligado ao abono de 2020, é muito provável que não tenha chances do abono do ano base de 2021 seja pago esse ano.

Outra questão que confirma tudo isso é que o valor que o governo vai usar com o pagamento desse abono salarial só é definido no orçamento da União. Esse orçamento definiu o repasse de mais de R$22 bilhões para o abono salarial, ao qual todo o montante foi direcionado para pagar os benefícios do ano-base de 2020.

Dessa forma, não existe mais espaço dentro do orçamento que venha a possibilitar o pagamento de uma outra rodada do abono salarial ainda este ano. Assim sendo, os trabalhadores que atuaram no ano passado, provavelmente só vão ter acesso a esse benefício em 2023 apenas.

Ou seja, o dinheiro do PIS/Pasep precisa ser descartado dos seus planejamentos, caso ele esteja incluso.

Anúncios
Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:

Carregando…

0