As taxas cartões de crédito é aquele tipo de assunto que sempre levanta um grande ponto de interrogação nos clientes.

Anúncios

Isso acontece porque é comum que você não entenda exatamente porque o valor da fatura não bate com as suas contas ou até o que são aqueles números e nomes que aparecem no documento.

Pensando nisso, entenda exatamente o que você pode ver na tela do celular ou aquela carta que chegou na porta da sua casa.

Principais taxas cobradas pelas operadoras

taxas cartões de crédito

As taxas cartões de crédito funcionam como uma maneira de gerenciar as funções e oferecer serviços para os clientes.

Porém, é comum que algumas operadoras ofereçam algum tipo de serviço ou taxa gratuita.

Anúncios

Por exemplo, descontos para comprar passagens aéreas, em reservas de hotéis, etc.

Entretanto, é comum que esse tipo de vantagem se apresente como uma vantagem inclusa no cartão.

Por outro lado, podem aparecer taxações futuras.

Além disso, existem diversas outras taxas que as operadoras podem cobrar, como por exemplo:

  • Anuidade;
  • Emissão de segunda via de cartões;
  • Saques em espécie;
  • Pedidos de análise emergencial de limites de crédito;
  • Pagamentos de faturas e boletos, etc.

As taxas podem variar de acordo com cada operadora.

Da mesma forma, algumas operadoras não cobram taxa de acordo com o uso do cartão.

Então, é preciso ficar de olho nas condições da operadora que escolheu bem como na sua fatura.

Taxas cartões de crédito por não pagamento de fatura

A principal queixa dos clientes se referem aos juros por conta do não pagamento total da fatura.

Ou seja, você atrasar o pagamento ou deixar de pagar, resulta em juros.

O maior problema aqui é que os juros não são nada baratos, fazendo com que a dívida fique cada vez maior.

Portanto, é essencial que você mantenha as suas finanças sempre organizadas e, caso o inesperado aconteça, tente uma negociação.

Nesses casos, a dívida retroativa precisa ser avaliada, para evitar que se torne uma bola de neve.

Outras taxas 

Por fim, é importante destacar ainda que existem outras taxas que podem acontecer.

Um exemplo disso é a taxa para compras feitas no exterior, que podem pegar você de surpresa.

Outra taxa comum é para aqueles que fazem o parcelamento da fatura, como uma maneira de evitar que a dívida continue se acumulando.

Em síntese, quando você não consegue pagar o valor total da fatura, o banco oferece a opção de parcelamento.

Enfim, existem ainda outras taxas, como:

  • Saques internacional;
  • Cartão adicional;
  • Conversão para outras moedas;
  • Overlimit.

Atenção!

O overlimit se refere ao chamado “especial” que os clientes recebem quando ultrapassam o limite.

Para algumas operadoras existem uma taxa fixa, ou seja, não depende do valor que você usa, a taxa seria a mesma.

Entretanto, existem operadoras nas quais a taxa varia de acordo com o valor usado.

Na dúvida, vale a pena conferir essa questão antes mesmo de fazer uso desse valor especial.

Vale destacar que as taxas cartões de crédito podem ou não estar estampadas ao se contratar esse benefício.

Por isso, é importante ler as letras pequenas e fazer algumas perguntas antes de firmar uma parceria.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!