Pular para o conteúdo

Trabalhador pode ter aposentadoria até 40% menor

  • por

A aposentadoria vem sendo amplamente discutida nos últimos anos, e agora o trabalhador pode ter esse valor com um ajuste para menos de 40%.

A Reforma da Previdência que foi promulgada no dia 13 de novembro de 2019 trouxe algumas mudanças para a aposentadoria por idade que é concebida pelo Instituto Nacional de Seguro Social, o INSS. 

Uma das mudanças centrais é em relação ao benefício da aposentadoria por idade que vai passar a ser de 60% da média dos salários, somando mais 2% para cada contribuinte. Sendo que vai ser exigido dos homens no mínimo 20 anos de contribuição com a previdência e 15 anos de contribuição para as mulheres.

É de senso comum que todas essas mudanças deixaram muita gente confusa, já que a previdência não foi alterada a muitos anos, e as mudanças impostas pela reforma foram muito radicais e de uma única vez. 

Agora, se você é uma pessoa que tem dúvida sobre como irá se aposentar, confira nos próximos tópicos algumas das novas regras do benefício.

Imagem: Pixabay

Regras para ter direito a aposentadoria por idade

Como já apontamos, muitas regras foram alteradas depois da reforma da previdência. Essa alteração já vinha sendo prevista, mas muitas pessoas ainda estão confusas sobre ela. Por tanto, se você não sabe o que é necessário para se aposentar hoje em dia, saiba que:

  • Os homens precisam ter 20 anos de contribuição e 65 anos de idade
  • As mulheres precisam ter 62 anos de idade e 15 anos de contribuição.

Para receber os 100% do valor como direito, o homem precisa contribuir por 35 anos e a mulher por 30 anos. Essa é uma das novas regras do benefício que muita gente não sabe.

Por isso, agora não basta apenas o trabalhador chegar a um tempo mínimo de idade e contribuição. Na realidade, tanto os homens quanto as mulheres vão precisar ter um tempo maior contribuindo para receber os 100% das contribuições com o INSS.

Essa nova regra é muito criticada por diversos especialistas e advogados trabalhistas. Para esses e outros grupos, a nova regra deixa o acesso à aposentadoria ainda mais burocrático do que antes. O trabalhador vai precisar contribuir muito mais para receber os mesmos valores de antes.

Como funciona as porcentagens

O homem que quer se aposentar com 65 anos de idade e contribuir por 20 anos junto ao INSS vai receber apenas 60% das suas contribuições.

Já a mulher que quer se aposentar com 62 anos de idade e que tenha contribuído por 15 anos junto ao INSS, também vai receber apenas os 60% das suas contribuições.

Nesta ocasião, a aposentadoria pela idade dos segurados que contribuíram por no mínimo 15 anos com o INSS vai cair dos antigos 85% para 60% da média salarial, uma queda muito grande.

O benefício da previdência passou por alterações nas suas regras depois da aprovação da Reforma da Previdência, em 2019. Muitos especialistas dizem que essas regras afetaram muito a aposentadoria. Por causa disso, o segurado tem que estar sempre com atenção nas mudanças que foram feitas depois da reforma.

É necessário também compreender e realizar todos os procedimentos do INSS par conseguir usufruir desses benefícios da previdência. Ler mais sobre o INSS e estuda um pouco mais sobre esses benefícios vai garantir mais domínio na hora de exigir os seus direitos.

Carregando…

0