INSS: Quais são os requisitos para se aposentar em 2022?

Depois da Reforma da Previdência, o INSS passou a ter novas regras específicas para as pessoas que desejam se aposentar ainda em 2022.

Anúncios

O INSS é o Instituto Nacional do Seguro Social, ou seja, é ele que garante os direitos sociais e auxílios para quem contribui com a previdência. Porém, com a reforma da mesma, muitas regras foram alteradas, mudando os requisitos para quem quer se aposentar.

Muitas pessoas querem se aposentar por idade, já outros desejam se aposentar por tempo de contribuição. Entretanto, com a mudança da previdência no dia 13 de novembro de 2019, muitas regras foram alteradas e, em certos casos, para solicitar o benefício do INSS vai ser preciso cumprir uma regra de transição. Confira os requisitos nos próximos tópicos.

Imagem: Gov.br

Aposentadoria por idade

Para aqueles trabalhadores que já atuavam antes da Reforma da Previdência e já completaram todos os critérios necessários para solicitar a aposentadoria até o dia 12 de novembro de 2019 vai precisar apenas estar de acordo com os critérios solicitados pelo INSS. Os homens precisam ter 65 anos de idade e 180 meses de carência. Já as mulheres precisam ter 60 anos e 180 meses de carência.

Por outro lado, aquelas pessoas que já trabalhavam antes da reforma mas não completaram os requisitos básicos até a data do dia 12 de novembro de 2019, vai ter que cumprir uma regra de transição.

Os homens precisam ter os mesmos 65 anos, mas terão que ter contribuído junto ao INSS por pelo menos 15 anos. As mulheres vão ter 62 anos e os mesmos anos de contribuição.

Quem passou a contribuir com o INSS depois da Reforma terá que cumprir a seguinte regra: homens terão que possuir 65 anos de idade e contribuição de pelo menos 20 anos. Já as mulheres precisam ter 62 anos e contribuído por no mínimo 15 anos.

Aposentadoria por tempo de contribuição

Depois da chegada da reforma da previdência é fato que muita coisa mudou. A aposentadoria por tempo de contribuição parou de existir. No entanto, foi criada uma regra de transição para quem já estava contribuindo com o INSS antes da reforma:

Regra da Idade Progressiva

Os homens vão ter que possuir idade de 62 anos e ter contribuído no mínimo 35 anos com o INSS, para assim conseguir se aposentar neste ano. Em 2027, o limite para se aposentar vai ficar fixado em 65 anos.

Já para as mulheres, elas vão ter que ter 58 anos em 2022 e ter contribuído no mínimo 30 anos. Em 2031, o limite para elas vai ficar fixado em 62 anos.

Regra do pedágio 50%

Esta nova regra vai beneficiar as pessoas que faltavam menos de dois anos para conseguir a contribuição necessária para se aposentar. Os homens que já estavam chegando aos 33 anos como contribuintes antes da reforma, terão que cumprir um pedágio de 50% do tempo que faltava para atingir os 35 anos.

Já as mulheres que estavam com 28 anos como contribuintes com o INSS antes da reforma, vão precisar cumprir o mesmo pedágio para atingir os 30 anos de contribuição.

Regra do pedágio de 100%

Nesta nova regra vai ser exigida que os homens estejam com 60 anos de idade e que cumpram um pedágio de 100% do tempo que faltava para atingir os 35 anos como contribuinte. Já as mulheres precisam ter 57 anos e cumprir o mesmo pedágio para atingir os 30 anos de contribuição.

Aposentadoria por pontos

Nesta situação, será feita uma soma da idade com tempo de contribuição com o INSS. Os homens vão ter que ter contribuído por 35 anos e ter uma pontuação de 99 pontos no ano de 2022. Já as mulheres vão precisar ter 30 anos como contribuinte e 89 pontos.

 

 

Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:

Carregando…

0